quarta-feira, 25 de abril de 2012

Liberto de você

Vá embora!
Não queria te odiar
Pegue toda essa dor e vá
Deixe-me morrer em paz
Vá embora!
Você me destruiu
Fez meu mundo desabar
Meu coração se despedaçar
Vá embora!
Leve toda essa dor e vá
Apenas me deixe nessas Trevas
Você destruiu tudo aqui dentro
Em pensar que você me dava teu ''amor''
Todo esse tempo
Pura falsidade!
Beijava minha mão
E apunhalava meu coração
Pelas minhas costas você me matou
Me matando esse tempo todo
Você é um monstro!
Eu não queria te odiar
Mas como eu não poderia?
Me acorrentando aos teus pés
Esse tempo todo
Eu não queria te odiar!
Pegue toda essa dor e vá
Você me destruiu
Fez meu mundo desabar
Fecho os olhos lembro de cada momento...
Todos esse tempo me acorrentando a você
A um coração maldito
Corrompendo um puro!
Você é um monstro
Destruiu tudo aqui dentro
Todos esses beijos em vão
Sem sentidos,Sem amor...
Eu não queria te odiar
Mas como não poderia
Agora posso ver teus pecados
Tua impureza não pode mais ser escondida
Tua essência agora pode ser vista
Tua mascara de vidro foi quebrada
E tua Alma não poderá ser regenerada
Não queria te odiar
Mas como eu não poderia
Pegue toda essa dor e vá!
Você é um monstro!
Eu não queria te odiar...




-By: Angel D. Christian

Hospedeiro

Ultimamente tenho me sentido diferente
Com algo que não sou eu dentro de mim
Algo como um parasita me corroendo por dentro,
me infectando a cada dia mais com sua toxicina, me deixando fraco
Tão fraco a ponto de me deixar definhando ao chão sob a sombra de sua imponencia
Cada dia se alimentando da minha dor que apenas aumenta
Apenas você pode tira-lo de mim
Apenas você pode extrair esse veneno de minhas veias
Apenas você pode purificar meu coração envenenado
Apenas você pode me devolver a luz desse mundo...






-By: Angel D. Christian

quarta-feira, 11 de abril de 2012

Cavaleiros do Caos

-Caos
''vazio obscuro e ilimitado que precede a geração do mundo.''

Pode-se dizer que o Caos é a desordem
Se é a desordem não tem leis nem regras...

Cavaleiro do Caos
É um defensor do Caos, aquele que entende e é o Caos em sua essência.
Não ter regra é uma regra, por isso não defende os aspectos do caos;
ele vive por meio desses aspectos. Ele próprio é um Caos.
Isso quer dizer que não segue planos, nem regras, não defende nada específico,
Exceto o que ele decidiu defender no exato momento e que não importará no próximo segundo.
É um ''Homem livre'', que está preso no loucura do Caos, em que nada faz sentindo e
O que ele faz pode não ter sentido algum.
Nos atos dos Cavaleiros do Caos essa falta de sentido e aparente insanidade,
Faz parte de um plano Divino, criado pelo Criador do mundo
E O Cavaleiro muitas vezes não sabe o plano e não sabe também que existe um plano.
O Cavaleiro em si, é cheio de incertezas, não sabe quem ele é, de onde veio, ou para onde vai...
Ele apenas age por instinto guiado pela insanidade, não importando o segundo seguinte...
O Cavaleiro do Caos não faz o que faz por amor ao seu deus, por acreditar em sua causa ou para querer mudar o mundo (para melhor ou pior). Ele apenas existe. Existe de uma forma louca, numa maneira surreal de pensar, ora agindo como um herói, ora como um vilão, como um Anjo, ora como Demônio...
Amor e Ódio, Raiva e Tranquilidade, Vingança e Perdão...
Vestidos de armadura ou não, pessoas normais ou não...
Esse Insano modo de viver ainda existe!
Eu diria que Um Cavaleiro do Caos é o modo mais intenso de viver,
Pois ele é o Caos, uma desordem de sentimentos...
Oscilando entre todos eles.

-By: Angel D. Christian